Nico Fagundes chega ao céu e organiza primeira roda de chimarrão no paraíso


Jayme Caetano Braun, Teixeirinha, César Passarinho e tantos outros confirmaram presença.

A cultura Gaúcha perdeu um de seus maiores nomes de todos os tempos. Nico Fagundes nos deixou na noite desta quarta-feira (24) aos 80 anos de idade. O eterno apresentador do Galpão Crioulo e compositor do hino Canto Alegretense também era Mestre em Antropologia Social, com diversos livros lançados na área da pesquisa sobre a história do nosso Rio Grande.

Que o Patrão Velho te receba de braços abertos, Grande Nico!

Sobre lucasdefraga

Guri gaúcho, colorado e que cursa Sistemas de Telecomunicações.

Publicado em 26 de junho de 2015, em Critica social, Cunho Humoristico, Destaque da semana, Estórias ou Histórias, Notícia, Separatista. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: